Jovem de Baião precisa de medula para combater doença grave

Jovem de Baião precisa de medula para combater doença grave

Um jovem de Baião está a gerar uma onda de solidariedade entre a comunidade. Trata-se de Filipe, de 35 anos, residente no lugar de Ingilde, na freguesia de Campelo e Ovil, em Baião.

Casado, com duas filhas, Filipe tem aplasia medular, doença que terá cura com transplante de medula óssea. Por essa razão, amigos e familiares estão a fazer uma campanha de sensibilização para a comunidade se tornar dador de medula, na esperança de encontrar um dador compatível para o jovem.

A aplasia medular é uma doença caracterizada pela alteração no funcionamento da medula óssea. A medula óssea é responsável pela produção das células do sangue. Quando é comprometida por qualquer fator, a sua produção pode ser reduzida ou até mesmo parada, o que leva a concentrações baixas de hemácias, plaquetas e leucócitos circulantes do sangue.

Já está marcada uma recolha de sangue para 30 de dezembro das 9h às 13h no salão paroquial de Baião. Esta recolha irá para o banco de dadores de medula, que será avaliada para perceber a compatibilidade com a medula do Filipe.

Para saber mais sobre este caso, pode acompanhar através da página oficial de apoio ao Filipe https://m.facebook.com/Vamos-Ajudar-o-Filipe-Mota-de-Bai%C3%A3o-a-encontrar-um-dador-de-medula-270018440376660/

A Verdade
ADMINISTRATOR
PERFIL

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.