Marco de Canaveses: Agrupamento vai transferir assistente operacional para Escola Básica da Picota

Marco de Canaveses: Agrupamento vai transferir assistente operacional para Escola Básica da Picota

Os alunos da Escola Básica da Picota, na freguesia do Marco, no concelho de Marco de Canaveses vão voltar às aulas amanhã, dia 15 de novembro, com uma assistente operacional.

Segundo o que o Jornal A VERDADE apurou o Agrupamento de Escolas do Marco de Canaveses vai transferir uma assistente operacional de outro estabelecimento escolar para a Escola Básica da Picota.

Recorde-se que os encarregados de educação dos cerca de 95 alunos fizeram uma manifestação na manhã desta quarta-feira, não deixando os filhos entrarem para as aulas. Um assunto que já não é novo, uma vez que no início do mês de novembro os pais já se tinham manifestado aquando a transferência de uma das assistentes operacionais para outra escola. A única assistente operacional presente, que assegurava a vigilância dos alunos, entrou de baixa médica na terça-feira, dia 13 de novembro.

Rui Mendes, representante dos encarregados de educação, explicou que os pais vão levar os alunos à escola, no entanto não estão satisfeitos. “Temos de ter pelo menos duas assistentes operacionais. Apenas, com a ajuda da funcionária do CEI (contrato de emprego e inserção), não consegue assegurar a vigilância das crianças”, sublinhou.

“Se colocarem lá uma assistente operacional, aceitámos que é um mal menor”, referiu o encarregado de educação.

 

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.