Castelo de Paiva: Prevista nova intervenção nos focos de combustão das Minas do Pejão

Castelo de Paiva: Prevista nova intervenção nos focos de combustão das Minas do Pejão

No final da semana passada, a Câmara Municipal de Castelo de Paiva foi informada pela EDM – Empresa de Desenvolvimento Mineiro, que os focos de combustão, nas escombreiras das antigas Minas de Carvão de Pejão, designados por A1 e A2, encontram-se totalmente extintos, e que em breve avançam para uma nova fase, tendo em conta a intervenção na escombreira, onde se localiza o foco A3.

Esta nova fase implica o procedimento contratual através de Concurso Público Internacional com publicação de anúncio no Jornal Oficial da União Europeia, permitindo o arranque dos trabalhos no dia 27 deste mês.

Face à necessidade de acompanhamento e monitorização da situação no local, foram desenvolvidas as seguintes iniciativas: garantir a não propagação para a área adjacente à escombreira, com intervenção de contenção da própria escombreira e garantir a vigilância na área, de modo a evitar eventuais reacendimentos ou propagações.

castelo de paiva- couto mineiro (1)

Segundo revelou a autarquia, procedeu-se à presença no terreno de equipas especializadas no combate a fogos desta natureza, que ainda se manterão até o início dos trabalhos desta nova fase.

“Espera-se que, com esta intervenção, se resolva definitivamente, a extinção dos focos de combustão nas Minas do Pejão, que ocorreram nas escombreiras da antiga área mineira de Germunde decorrentes do grande incêndio que assolou o concelho de Castelo de Paiva em outubro do ano passado”, pode ler-se no mesmo comunicado.

Recorda-se que a EDM, em visita anterior, verificou que os focos de combustão lenta que se verificam na zona de Germunde, se encontram limitados a materiais depositados em escombreiras, não existindo evidência de que se tenham propagado às jazidas de carvão que não foram exploradas no subsolo.

A Verdade
ADMINISTRATOR
PERFIL

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.