Paredes: João Ribeiro fez o ‘pleno’ no Ralicross de Castelo Branco na classe Super 1600

Paredes: João Ribeiro fez o ‘pleno’ no Ralicross de Castelo Branco na classe Super 1600

A categoria Super 1600, uma das mais competitivas do Campeonato de Portugal de Ralicross, não trouxe muitas novidades na sexta prova disputada este fim-de-semana em Castelo Branco.

João Ribeiro, líder do campeonato, no seu Citroën Saxo, não fez por menos. Treinos cronometrados, quatro mangas e final em primeiro lugar sem grande margem para os adversários.

Também José Eduardo Rodrigues, de Penafiel, reforçou o segundo lugar do campeonato e Mário Teixeira não deixou escapar o terceiro com o seu Ford Fiesta, lugares que igualaram na prova deste fim-de-semana.

ralicross-jose eduardo rodrigues

José Eduardo Rodrigues

João Ribeiro, na final, acelerou para nova vitória. Mário Teixeira (Ford Fiesta S1600) foi o outro protagonista da prova, partiu bem, assumiu o segundo posto e colocou-se à frente de José Eduardo Rodrigues (Peugeot 206 S1600), que trazia a frente do Peugeot 206 de Joaquim Machado colado à traseira.

Entretanto, António Sousa (Citroen DS3 S1600) passava para quinto. André Sousa cobiçava-lhe a posição, mas à terceira volta o motor do Peugeot 207 S1600 “calava-se”. Sousa ainda conseguia retomar o andamento, mas já era demasiado tarde.

Ricardo Soares, com problemas de caixa de velocidades no Citroen Saxo S1600, era o sexto a cortar a meta.

Ralicross-Castelo-Branco-050

João Ribeiro

Super Iniciação – Na categoria de Super iniciação, os treinos cronometrados bem como as quatro mangas foram renhidas para os pilotos João Novo e Rafael Rocha, levando a melhor na final o piloto do Peugeot 106 João Novo. Rodrigo Correia ficou na vice-liderança e Rafael Rocha fechou o pódio.

Super Nacional 2RM – A Castelo Branco foram apenas quatro os participantes na categoria 2RM e Santinho Mendes fez o pleno, vencendo nos treinos cronometrados, quatro mangas e final. Fernando Silva e Nuno Pereira fecharam o pódio. Adão Pinto, piloto de Abragão, Penafiel, que tem estado a dar cartas no campeonato, não passou da terceira manga devido a problemas técnicos com o seu Opel Astra OPC.

Pódio da categoria Supercar

Pódio da categoria Supercar

Supercar e Super Nacional 4WD – Num fim-de-semana de muito trabalho, e onde os treinos e mangas trouxeram muitas mexidas, foi na grande final que Pedro Matos se destacou garantindo o 1º lugar. Daniel Pacheco e Ademar Pereira estiveram melhor nas mangas, mas não deixaram fugir o pódio. Joaquim Santos da equipa Bompiso Racing Team não teve a mesma sorte de Lousada 2 e ficou-se pelo quarto lugar.

Super Buggy – Em Castelo Branco a categoria Super Buggy foi previsível através das três mangas disputadas. Ludgero Santos, Nelson Barata e António Santos mostraram nos dois dias que o pódio seria deles. Ludgero na final levou a melhor sobre os parceiros, Nelson Barata o segundo no seu Toniauto Powernb, e António Santos fechou.

Kartcross – Na categoria com mais espetacularidade – o Kartcross, em Castelo Branco não foi exceção, sendo marcada pela disputa direta entre os pilotos Jorge Gonzaga (Lousada), Pedro Rosário, líder do campeonato e Mário Rato, que no final mantiveram estas posições no pódio.

ralicross-kartcross-joao-gonzaga

João Gonzaga

A Verdade
ADMINISTRATOR
PERFIL

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.