Pagamentos em atraso das autarquias aumentam face 2017

Pagamentos em atraso das autarquias aumentam face 2017

Os pagamentos em atraso das autarquias aumentaram no primeiro semestre deste ano, face ao relatório do último semestre de 2017, o que quebrou a evolução positiva registada até então.

No relatório da Execução Orçamental da Administração Local, relativo ao primeiro semestre de 2018, divulgado pelo Conselho de Finanças Públicas (CFP), dos municípios do Tâmega e Sousa, Penafiel encontra-se na pior posição. “A maior variação ocorreu no Município de Penafiel com um aumento de quase cinco milhões de euros desde o início do ano”, pode ler-se.

Apesar de também estar na lista dos municípios com mais de um milhão de euros de pagamentos em atraso, Paços de Ferreira conseguiu uma redução de cerca de três milhões de euros, o que poderá dever-se ao recurso ao Fundo de Apoio Municipal (FAM).

O município de Paredes também se encontra na mesma lista, com um aumento, face ao segundo semestre do ano passado, de quase um milhão de euros.

A Verdade
ADMINISTRATOR
PERFIL

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.