Minipreço de Alpendorada festeja hoje o 10º aniversário

Minipreço de Alpendorada festeja hoje o 10º aniversário

Publireportagem

A 12 de Setembro de 2008 surgia em Alpendorada uma nova superfície comercial, era Paulo Couto que abria o hipermercado da vila, o Minipreço.

Celebram agora 10 anos de existência, num panorama já bem diferente mas com um balanço positivo. Paulo Couto, sócio fundador, assinala a data afirmando que foi uma aposta ganha. “O balanço é positivo, de outra forma não conseguia estar estes 10 anos, e continuar com a mesma emoção que estava há 10 anos, com 23 anos. Foi um desafio e uma responsabilidade muito grande, que não posso deixar de salientar o apoio que tive dos meus familiares para concretizar o meu sonho. Sonho de criar um negócio na minha terra, onde nasci, cresci e ainda vivo e crio família”.

minipreco-interior

Hoje há mais concorrência, e por isso, mais desafios diários para manter o lema que sempre os acompanhou:  “respeitamos os nossos clientes independentemente de estarmos sozinhos ou acompanhados. Sempre trabalhamos com os melhores preços, com produtos frescos e de qualidade, e acima de tudo, com melhor serviço para os nossos clientes. Não podemos pensar que só por vir a concorrência temos de fazer melhor. Temos de fazer melhor todos os dias.”

Um compromisso que é assumido por todos, uma equipa de 14 pessoas que diariamente dão o melhor ao seu cliente. Cliente esse que, Paulo Couto considera “o amigo, o vizinho com quem se cruzam todos os dias”.

O empresário, atual vereador da Câmara Municipal do Marco de Canaveses, já teve outros espaços comerciais em concelhos diferentes, nomeadamente Penafiel e Arouca, mas afirma que o Minipreço de Alpendorada será sempre “a minha loja de eleição e de coração, da qual não abdico.”

Dez anos de sucesso que Paulo Couto atribui a responsabilidade aos clientes “que acreditaram nestes últimos 10 anos e certamente vão continuar a acreditar. Foi com eles e para eles que trabalhamos”.

minipreco-exterior

A Verdade
ADMINISTRATOR
PERFIL

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.