Cheque-dentista para crianças e jovens: Uma oportunidade gratuita a não perder

Cheque-dentista para crianças e jovens: Uma oportunidade gratuita a não perder

A Unidade de Saúde Pública do ACeS Tâmega I – Baixo Tâmega (Marco de Canaveses), entregou este ano letivo nas escolas públicas os cheques-dentista para os alunos com 7, 10 e 13 anos (nascidos em 2004, 2007 e 2010).

Esta estratégia de intervenção, assente na promoção da saúde e na prevenção primária e secundária da cárie dentária, é operacionalizada através da atribuição de um cheque-dentista a utilizar num médico prestador aderente ao Programa Nacional de Promoção da Saúde Oral até 31-10-2018 (data da validade do cheque).

O cheque pode ser utilizado em qualquer clínica com médico dentista/estomatologista aderente ao programa.

Os encarregados de educação podem consultar a lista de médicos aderentes em https://www.saudeoral.min-saude.pt – Médicos Aderentes ou na sua Unidade de Saúde.

No âmbito deste programa não pode ser cobrado qualquer valor, os tratamentos são sempre gratuitos.

As crianças com 7 e 10 anos têm direito até dois cheques-dentista e aos 13 anos podem usufruir até três cheques-dentista, dependendo do diagnóstico que o médico aderente fizer.

O primeiro cheque-dentista é entregue na escola pela equipa de saúde escolar e os restantes são emitidos pelo médico aderente.

É importante que as crianças e jovens usem o cheque dentista e que terminem os tratamentos. Só com esta condição é que poderão ter acesso ao cheque-dentista das idades intermédias (8, 9, 11, 12, 14, 15 anos), que será emitido pelo médico de família, quando este verificar a necessidade de tratamentos em dentes permanentes.

Este programa contempla ainda os jovens com 16 e 18 anos, atualmente nascidos em 2002 e 2000 respetivamente, que tenham sido beneficiários do Programa Nacional de Promoção da Saúde Oral e concluído o plano de tratamentos aos 13 e 16 anos. Para obterem o cheque-dentista devem solicitá-lo no serviço administrativo do seu centro de saúde até 31-08-2018.

As crianças e jovens, nascidos em 2004, 2007 e 2010 e que não têm o cheque dentista, porque o perderam ou devido a outra situação, devem contactar com urgência o Centro de Saúde de Marco de Canaveses (Tel. 255539670) para obterem o cheque.

As doenças orais, como a cárie dentária e as doenças periodontais, são um sério problema de saúde pública, uma vez que afetam grande parte da população, influenciam os seus níveis de saúde, de bem-estar, de qualidade de vida e são vulneráveis a estratégias de intervenção conhecidas e comprovadamente eficientes.

Este processo tem permitido prestar cuidados médico-dentários a grupos chave e especialmente vulneráveis a utentes do Serviço Nacional de Saúde.

 

Luísa Couto
Enfermeira Especialista em Enfermagem Comunitária
Unidade de Saúde Pública do ACeS Tâmega I – Baixo Tâmega (Marco de Canaveses)

A Verdade
ADMINISTRATOR
PERFIL

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.