Baião vai receber 31 pilotos de várias nacionalidades para o Grande Prémio de Portugal F2

Baião vai receber 31 pilotos de várias nacionalidades para o Grande Prémio de Portugal F2

 

A Albufeira da Pala, em Ribadouro, na União de Freguesias de Ancede e Ribadouro, em Baião, vai ser o palco do Grande Prémio de Portugal F2, a contar para o Campeonato do Mundo de Motonáutica.

Trinta e um pilotos de 17 país diferentes vão participar nesta prova que decorrerá nos dias 15 e 16 de setembro.

O evento foi apresentado esta quinta-feira, dia 6 de setembro, no Welcome Center do Porto, tendo sido elogiado por todas as entidades envolvidas na organização e dinamização da prova.

Esta apresentação contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Baião, Paulo Pereira, do presidente da Turismo Porto e Norte de Portugal, Melchior Moreira, do presidente do Clube Náutico de Ribadouro, Mário Sousa, do presidente da Federação Portuguesa de Motonáutica, Paulo Ferreira, do presidente da União de Freguesias de Ancede e Ribadouro, Daniel Guedes, do representante da Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL) Vasco Silva, e do piloto português, Duarte Benavente.

baiao - campeonato do mundo de motonautica 2

Paulo Ferreira, presidente da Federação Portuguesa de Motonáutica, foi o primeiro a usar da palavra, descrevendo o evento como “a prova náutica mais importante realizada a norte do país”. O dirigente deixou a garantia de que a federação irá continuar a apoiar este tipo de eventos.

Por sua vez, o presidente da União de Freguesias de Ancede e Ribadouro, afirmou que a prova é de grande importância para a dinamização do concelho. “Acho que Baião estava a precisar da motonáutica”, disse, destacando a “coragem do Clube Náutico de Ribadouro e de Mário Sousa que continua a agarrar com unhas e dentes esta grande prova”.

Opinião partilhada por Melchior Moreira, presidente do Turismo do Porto e Norte de Portugal, que também enalteceu o trabalho do clube, afirmando que “quando se tem paixão, aliada a um bom profissionalismo, temos sempre sucesso e é o que está a acontecer claramente aqui, em Baião”.

O presidente referiu ainda o esforço financeiro necessário para a realização da prova. “Não fazemos isto ao acaso. Não nos esqueçamos do esforço, a nível financeiro, que os municípios têm de fazer para dar respostas a estas provas”, sublinhou.

Mário Sousa, do Clube Náutico de Ribadouro, defende que “o sucesso depende do conjunto funcionar e de todos remarmos no mesmo sentido, porque caso contrário isto não seria possível”.

O responsável pelos dados técnicos da prova disse que “esta é a única prova que vai ter 20 pilotos no pontão de largada”. De acordo com Mário Sousa, “a alteração que fizemos na pista vai originar a possibilidade de termos o máximo de barcos na largada”, no entanto a pista “vai ser muito mais perigosa, porque tem um perímetro maior”.

Apesar deste perigo apontado, “temos todas as condições criadas para que tenhamos a segurança máxima”, garantiu.

baiao - campeonato do mundo de motonautica 3

A pista onde a prova terá lugar é reconhecida pela Union Internacional Motonautique (UIM), como melhor pista, sob a chancela da UIM e da Federação Portuguesa de Motonáutica.

Tomando a palavra, Paulo Pereira, presidente da Câmara Municipal de Baião, realçou a importância desta prova, não só para o concelho como também para a região. “Estes eventos são muito bons para Baião mas atraem pessoas a todo o território”, apontou.

O autarca enalteceu também o trabalho de todos os envolvidos no projeto. “Para mim, apesar de tudo, é mais fácil quando temos um conjunto de parceiros. Quando batemos à porta e estão disponíveis para fazer a sua parte e ajudar, para fazerem e fazerem bem”, mencionou.

Com uma intervenção rápida, Duarte Benavente agradeceu a todas as instituições envolvidas para a realização de mais um ano, “fazendo votos para que seja um grande sucesso como foi em 2016 e 2017”.

O piloto mostrou o desejo do resultado ser positivo, deixando a promessa de que vai lutar “até ao último metro, da última volta para tentar um grande resultado”.

O arranque da prova acontece no sábado, dia 15 de setembro, pelas 9h, seguindo-se os treinos livres e, durante a tarde, a qualificação. No domingo, dia 16 de setembro, o evento está agendado para as 15h45.

baiao - campeonato do mundo de motonautica 4

 

A Verdade
ADMINISTRATOR
PERFIL

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.