Polícia Judiciária deteve homem por ser o presumível autor de incêndio florestal em Cinfães

Polícia Judiciária deteve homem por ser o presumível autor de incêndio florestal em Cinfães

 

A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Norte, com a colaboração da GNR – NPA de Lamego, identificou o presumível autor de um incêndio florestal ocorrido numa zona de pinheiro bravo e mato na localidade de Macieira, no concelho de Cinfães.

Segundo nota enviada à imprensa, o fogo terá sido provocado com recurso a chama direta, com uso de fósforos, consumindo cerca de três hectares de floresta.

“O incêndio colocou em perigo uma vasta mancha florestal, bem como a própria localidade, que só não foram atingidos devido à rápida intervenção dos meios de combate”, pode ler-se no mesmo comunicado.

O detido, de 37 anos de idade, agricultor, com antecedentes criminais pelo mesmo tipo de crime, vai ser presente à autoridade judiciária para primeiro interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

 

A Verdade
ADMINISTRATOR
PERFIL

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.