Castelo de Paiva: Grupo de teatro realiza último sonho de Ivânia Ribeiro

Castelo de Paiva: Grupo de teatro realiza último sonho de Ivânia Ribeiro

Quase um ano depois da morte de Ivânia Ribeiro, professora de teatro em Castelo de Paiva, o seu grupo de jovens que constitui o “Desastres e Espetéculos” decidiu fazer uma peça de teatro que consistiu em pôr em cena o último texto da autoria da jovem.

A atuação decorreu na noite de sábado, 14 de julho, no auditório municipal.

O projeto continuou após a morte de Ivânia Ribeiro como forma de “homenagear” e “agradecer” por toda a sua dedicação a Castelo de Paiva, bem como à fundação de uma companhia de teatro com o objetivo de fomentar a cultura nos mais jovens.

“O projeto não terminou. Demos continuidade às apresentações que estavam marcadas, como foi pedido dela, e depois começamos a ensaiar esta nova para fazer a homenagem”, explicou Daniel Carvalho, jovem paivense que deu continuidade ao projeto.

A peça de ontem, intitulada “No reino de Longe como o Caraças” e escrita por Ivânia Ribeiro, acontece num reino de fantasia onde não faltam fadas, reis, rainhas, princesas, bruxas e até ogres. “Conseguiremos nós quebrar os feitiços da Bruxa Esdrúxula?”, esta é a pergunta de partida da peça, sendo que a resposta só está disponível para quem assistiu à atuação de ontem. 

O grupo é constituido por 12 jovens, de idades compreendidas entre os oito e os 28 anos, mas que não sabem se o projeto continua por sentirem falta da mentora do projeto.

banner-felgueiras-600x229

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.