Publicidade

banner-festas-do-marco-2019-700x394
Banner-Expomontemuro-2019-700x315

José Luís Gaspar pede “evolução” no Hospital de Amarante

José Luís Gaspar pede “evolução” no Hospital de Amarante

O presidente da Câmara Municipal de Amarante, José Luís Gaspar espera que o Hospital de Amarante tenha uma evolução no que respeita aos serviços prestados porque, e segundo o autarca, “já há muitos anos que o tema do hospital de Amarante tem vindo a ser discutido. E a questão é que aquilo que era a expetativa que foi criada a toda a população, desde a altura em que se discutiu fazer-se o novo hospital, até hoje ainda não está cumprida”, referiu.

O Hospital de Amarante está em funcionamento há cerca de cinco anos e, para o presidente de Amarante, a urgência não funciona da melhor forma. “Obviamente que um hospital costuma ser uma azáfama tremenda, uma grande fila de espera, o que não acontece no Hospital de Amarante, porque as pessoas não vão lá por não terem um corpo clínico capaz de dar resposta”, observou.

Em declarações ao Jornal A VERDADE, o autarca amarantino lamentou também a falta dos recursos humanos no Hospital de Amarante. “De uma vez por todas que se comece a colocar recursos humanos no hospital, porque podemos ter ali umas instalações fantásticas, mas não temos é pessoas para tratar”, lamentou.

José Luís Gaspar considerou que a integração do antigo Hospital S. Gonçalo no Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa não foi benéfico para este equipamento nem para os que dele usufruem e que a autonomia deveria ser recuperada. “A questão é, de uma vez por todas perceber se este é o modelo que queremos, se a anexação que foi feita ao centro hospitalar, faz sentido, se não vale a pena pensar em criar autonomia para este hospital e eventualmente ele passar a fazer gestão dos Centros de Saúde”, propôs.

Ainda assim, o autarca desresponsabilizou a administração do centro hospitalar, atribuindo culpas à tutela a nível nacional e dizendo esperar que “se assuma o compromisso político, atendendo a que se gastou cerca de 40 milhões ali. Que se assuma de uma vez por todas, por parte do governo, dizendo: Sim, este hospital é para trabalhar em pleno”, insistiu.

“Já chega. Não podemos estar todos os anos a dizer ‘vai ser para o ano’ ou ‘vamos tentar’”, defendeu José Luís Gaspar.

 

CHTS reconhece “potencial por explorar” mas destaca aumento na oferta de cuidados de saúde

 

O Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa reagiu às declarações do presidente da Câmara Municipal de Amarante, lamentando “qualquer tipo de politização em torno do hospital”.

O CHTS diz reconhecer que “há ainda algum potencial por explorar no novo hospital de Amarante”, no entanto “a unidade tem vindo a aumentar a oferta de cuidados de saúde em todas as áreas e em especial ao nível da cirurgia de ambulatório”, defende.

No que diz respeito à urgência, o centro hospitalar afirma em nota de imprensa que a mesma “está definida como tal – básica – desde o início e praticamente já assim o era no antigo hospital de S. Gonçalo, onde muitas das situações eram encaminhadas para Penafiel”.

Relativamente aos recursos humanos, esclarece que os mesmos “foram reforçados ao nível dos enfermeiros, assistentes operacionais e assistentes técnicos. A urgência tem ainda um novo balcão de informações e há uma melhoria do tempo médio entre admissão e triagem”.

Segundo divulgou o CHTS “o atual ministério da saúde tem vindo a criar condições para rentabilizar e aumentar a oferta à população nomeadamente em termos cirúrgicos, de 2016 para 2017 registou-se um aumento de 75% na cirurgia de ambulatório com a realização de 5.305 cirurgias”.

Por parte do centro hospitalar foram ainda indicados números relativos à atividade na consulta externa, dando conta de um aumento da mesma, nomeadamente nas especialidades de endocrinologia e neurologia. Quando à medicina interna, foi registado um aumento da capacidade de internamento.

“Resumindo, tem existido investimento quer em recursos humanos, quer na oferta de cuidados de saúde à população, e a própria recuperação de listas de espera de cirurgia e consulta  privilegiam Amarante”, transmitiu o CHTS.

A Verdade
ADMINISTRATOR
PERFIL

Publicidade

Banner-Festival-Francesinha-Felgueiras-700x446

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta