Presidentes da Assembleia de Marco de Canaveses vão ser homenageados

Presidentes da Assembleia de Marco de Canaveses vão ser homenageados

O Município de Marco de Canaveses vai assinalar os 25 anos de elevação da vila a cidade no próximo dia 20 de maio. A cerimónia terá lugar no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

Para assinalar a data, a Câmara Municipal vai homenagear os antigos presidentes da Assembleia Municipal (AM), bem como o atual.

Os homenageados na cerimónia serão Alberto Monteiro Araújo, que exerceu o cargo entre 1977 e 1982; António Babo Pinto Ribeiro, de 1983 a 1985; Joaquim Teixeira Monteiro da Rocha, de 1986 a 2005; António Martinho Barbosa Gomes Coutinho, de 2005 a 2017; e Jorge Francisco Vieira, que exerce funções desde outubro de 2017.

“Não podíamos deixar de assinalar uma data tão importante para o Marco de Canaveses, como os 25 anos de elevação a cidade, e no momento desta comemoração homenagear os antigos e atual presidentes da Assembleia Municipal, pois traduz o reconhecimento que o Marco deve a quem o serviu e serve em tão nobres funções”, justificou Cristina Vieira, presidente da Câmara Municipal de Marco de Canaveses.

A elevação da vila de Marco de Canaveses a cidade deu-se ao abrigo de um Projeto de Lei da Assembleia da República votado favoravelmente, por unanimidade, a 20 de maio de 1993.

 

2 comentários
A Verdade
ADMINISTRATOR
PERFIL

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

2 Comentários

  • Antonio
    14 Maio, 2018, 17:10

    Tal como os presidentes da Assembleia Municipal, que exerceram funções, também os vereadores e os Presidentes de Câmara, de Junta de Freguesia e de Assembleia de Freguesia devem ser homenageados. Homenagear pessoas que há poucos "dias" passaram a exercer cargos públicos, é despropositado.

    REPLY
  • Venâncio Oliveira
    15 Maio, 2018, 11:13

    Palhaçada sem palhaços.
    Que beneficio teve o concelho com a elevação a cidade?
    Qual a influência dos Presidentes da Assembleia na matéria?
    A elevação a cidade deve-se exclusivamente ao então Presidente da Câmara Avelino Ferreira Torres. Se o Partido Socialista entende homenagear seria apenas e só essa figura.
    Também não entendo o actual Presidente da Assembleia Municipal, pessoa que parece sensata, querer receber uma medalha por um acto em que não teve nenhuma intervenção, está à poucos meses em funções e não se conhece nenhum mérito até ao momento.
    Estas condecorações são mais indecorosas que as de outros tempos que não pretendemos reviver no concelho.

    REPLY

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.