Câmara de Penafiel justifica tristeza do PS com atrasos nos fundos comunitários

Câmara de Penafiel justifica tristeza do PS com atrasos nos fundos comunitários

A Concelhia Socialista penafidelense está “triste”, mas não surpreendida com os dados do relatório do Conselho de Finanças Públicas, relativos ao ano de 2017, que revelam que o Município de Penafiel agravou os pagamentos em atraso a fornecedores em mais de um milhão de euros. “Tristeza essa reforçada pela notícia de que somos o segundo Município a nível nacional que mais dinheiro deve a fornecedores: 11,9 milhões de euros”, justifica um comunicado da estrutura local do PS.

No mesmo documento, os socialistas lembram que “há vários anos que o PS, nos órgãos próprios – reuniões de Assembleia e Câmara Municipal – vem alertando para o agravar da situação económica do Município, especialmente no que diz respeito ao prazo médio de pagamento a fornecedores onde, ano após ano, Penafiel vem figurando como um dos Municípios que mais tempo demora a honrar os seus compromissos”. Assim, defende o PS/Penafiel, “os dados plasmados no relatório do Conselho de Finanças Públicas mais não vêm que confirmar os legítimos alertas que o PS vinha fazendo ao Executivo”.

Na sequência da divulgação do relatório, o PS/Penafiel sustenta ainda que “esta é realmente uma situação preocupante, porque pode acarretar para a autarquia uma série de constrangimentos”. E dá como exemplo “a retenção de receita proveniente das transferências do Orçamento do Estado, com os inerentes prejuízos que daí decorrerão para todos os penafidelenses”.

Em resposta, a Câmara, liderada por uma coligação PSD/CDS, defende que “estes resultados devem-se ao atraso do pagamento dos fundos comunitários”. “Penafiel executou várias obras financiadas e os fundos comunitários atrasaram o pagamento. Se as contas tivessem fechado no fim do mês de março, esses números seriam completamente diferentes”, frisa.

A Autarquia sustenta, ainda, “que a prestação de contas municipais a decorrer no mês de Abril” permitirá “constatar a boa saúde financeira do Município”.

1 comentário

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

1 Comentário

  • Bicha Serpe
    7 Abril, 2018, 23:38

    Segundo o jornal online "A Verdade" a Câmara de Penafiel justificou a "tristeza" do PS local com a dívida de 12 milhões aos fornecedores devido ao atraso no pagamento dos fundos comunitários das obras comparticipadas, mais garantindo que as finanças municipais estão de boa saúde.

    A piada não está na justificação apresentada, que de justificação pouco ou nada tem, mas sim no tom do comunicado do Partido Socialista de Penafiel. Já é o segundo comunicado em que o tom, de tão moderado, faz lembrar conversa de sacristia. Longe vão os tempos em que os comunicados do PS Penafiel, os poucos que emitia, eram assertivos e até corrosivos. Agora são ao estilo dos brandos costumes, ao estilo de uma oposição colaborante. Só faltam pedir desculpa por "qualquer coisinha".

    É claro como água que a Câmara de Penafiel vive acima das suas possibilidades. Esta é a questão. Onde gasta o dinheiro? É outra questão. Se gasta o que não tem em obras concretas e importantes para o bem estar dos penafidelenses, é uma coisa. Se gasta o dinheiro em festarolas, transformando Penafiel numa Penafiesta, ao gosto de alguns panhonhas que até julgam que se podem fazer omeletes sem ovos, é outra coisa completamente diferente.

    Cabe ao PS Penafiel enquanto partido da oposição obter esclarecimentos e esclarecer os eleitores. A tristeza não é para aqui chamada.

    REPLY