Publicidade

banner-baiao-festas-700x259

Penafiel: Polícia Judiciária investiga morte de mulher em Irivo

Penafiel: Polícia Judiciária investiga morte de mulher em Irivo

 

Uma mulher de 43 anos foi encontrada, na manhã de ontem, em paragem cardiorrespiratória, em Irivo, Penafiel. Elementos dos Bombeiros de Paço de Sousa ainda iniciaram manobras de reanimação, mas o médico do INEM declarou o óbito no local.

Por haver dúvidas quanto às causas da morte, GNR e, posteriormente, Polícia Judiciária foram acionados e investigam o caso.

Segundo foi apurado, a vítima era casada e vivia numa casa de Irivo, onde, frequentemente, militares da GNR eram chamados. O consumo excessivo de álcool do casal – que levou a vítima a submeter-se a um tratamento de desintoxicação – e os constantes conflitos entre marido e mulher eram a causa principal dos distúrbios.

Na manhã de ontem, a mulher foi encontrada inanimada, entre as 10:00 e as 11:00 horas, pelo próprio marido. O indivíduo chamou os bombeiros, mas não soube concretizar a hora a que a esposa terá desfalecido.

Quando os elementos da corporação de Paço de Sousa chegaram ao local iniciaram manobras de reanimação, que prolongaram até à chegada da viatura médica de emergência e reanimação. E, nessa ocasião, o médico declarou o óbito.

Pouco depois, a GNR também chegou ao local e, perante o cenário encontrado, decidiu acionar a Polícia Judiciária. Os inspetores também estiveram em Irivo e esperam, agora, pelos resultados da autópsia.

 

1 comentário

Publicidade

banner-lousada-700x262

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

1 Comentário

  • Cátia Lourenço
    3 Abril, 2018, 19:29

    Peço desculpa mas será mesmo irivo?? Ou será urro?? Na mesma notícia pode acrescentar violência doméstica.

    REPLY