Penafiel homenageou a cultura no 248º aniversário de elevação a cidade

Penafiel homenageou a cultura no 248º aniversário de elevação a cidade

A Câmara Municipal de Penafiel homenageou este sábado 18 instituições e personalidades de prestígio a nível do concelho, na área da cultura. Foi o momento alto das comemorações do 248.º aniversário da elevação de Penafiel a cidade.

“Com o seu talento e inspiração, na pintura e na escultura, na escrita, na música e na dança, no design e na fotografia, no teatro, no cinema e na televisão, criaram obras excecionais que a todos nos orgulham. Com o seu empenho, foram também fonte de inspiração para muitos outros concidadãos nossos, em particular os mais jovens, e acrescentaram prestígio e respeito a esta nossa terra”, enalteceu Antonino de Sousa, presidente da Câmara Municipal de Penafiel.

Na sessão, que decorreu no Museu Municipal de Penafiel, Antonino de Sousa salientou ainda que a autarquia vê na atividade cultural “um extraordinário instrumento difusor das raízes culturais de Penafiel e de incentivo à criatividade e ao desenvolvimento do espírito crítico” e anunciou a edificação de um novo equipamento cultural no Centro Histórico de Penafiel durante este mandato autárquico.

“Será um espaço de pró-criatividade e o polo cultural de referência da nossa cidade, do nosso concelho e desta região do Tâmega e Sousa em que nos integramos”, sublinhou.

Quanto à estrutura física, o autarca revelou a pretensão de que o novo equipamento “disponha de um auditório e de espaços versáteis, assentes numa lógica de utilização partilhada e de criação experimental”.

Remetendo-se para o 248º aniversário, o presidente da Câmara Municipal falou da “responsabilidade” que o estatuto de cidade concedeu a Penafiel, que “não é, nem pretende ser, área metropolitana, mas que não abdica de ser a referência e a locomotiva desta região cruzada pelo Tâmega, pelo Sousa e pelo Douro, com a população mais jovem de Portugal continental, com mais população que qualquer uma das regiões autónomas e com um elevado potencial exportador”, destacou.

 

Programa comemorativo prossegue com atividades variadas

No dia 9 de março, pelas 21h00, o Museu Municipal acolhe um concerto da Orquestra de Sopros e Coro do Conservatório de Música de Paredes, e no dia 10, pelas 10h30, no mesmo local decorrerá o 2.º seminário “Penafiel e os Penafidelenses na História”, organizado pela Associação dos Amigos do Arquivo de Penafiel. Às 10h30, a Biblioteca Municipal receberá a iniciativa “sábados em família” com a atividade “Penafiel no jogo da glória”.

O Dia Municipal do Bombeiro, que também se insere na programação das comemorações, vai realizar-se no dia 11 de março, às 15h00, com o desfile apeado e motorizado, desde o Campo Conde de Torres Novas até à Praça do Município. Neste desfile vão participar os Bombeiros Voluntários de Entre-os-Rios, Paço de Sousa e Penafiel.

No dia 16, o Arquivo Municipal recebe, pelas 21h30, um recital de poesia e música, a cargo do projeto “Poesia & Musica em Lagares Pouco Recomendáveis”. A iniciativa é organizada pela Associação de Amigos do Arquivo de Penafiel.

O Festival da Lampreia, que decorre em 15 restaurantes aderentes, vai encerrar com uma tenda gigante, localizada no Cais de Entre-os-Rios, nos dias 23, 24 e 25 de março.

O auditório da Biblioteca Municipal acolhe, no dia 23, às 21h30, a peça de teatro “Pinturas e travessuras”, a partir da obra de Dario Faro e será dinamizada pelo grupo “Os Expansivos”, de Lordelo.

Durante o mês de março, estão disponíveis na Biblioteca de Penafiel, as horas de conto dedicadas às lendas de Penafiel e o projeto maleta mágica, dedicado às figuras ilustres de Penafiel.

 

A Verdade
ADMINISTRATOR
PERFIL

Publicidade

banner-lousada-700x262

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta