Visite Comigo: Dicas de como viajar de avião com animais de estimação

Visite Comigo: Dicas de como viajar de avião com animais de estimação

 

É de partir o coração quando tem de viajar e ver quem poderá ficar com o seu melhor amigo, quando a vontade mesmo é levá-lo consigo.

Se é um dos que não quer separar-se do seu animal de estimação durante as férias, tenho boas notícias.

Não importa se o seu melhor amigo é cão ou gato ou até mesmo um furão, você pode levá-lo SIM, seja na cabine de passageiros ou no porão, só tem de seguir algumas regras.

Começo por dizer que cada companhia aérea tem as suas próprias regras, relacionadas com as taxas, peso, tamanho, documentos, vacinação, entre outras exigências.

Mas afinal o que devo fazer para embarcar com o meu melhor amigo?

visite comigo - viajar com animais de estimacao (1)

1- A primeira coisa que deve pensar é na documentação e consultar as regras do país de destino, caso tenha a intenção de levá-lo para outro país. Esse tipo de informação muda muito de país para país, sugiro que entre no site da Embaixada do país de destino e tome nota das regras.

2- Deve consultar também as diferentes companhias aéreas e saber quais são as suas exigências.

3- Ter o Passaporte de Animal.

4- Vacina contra a raiva válida.

5- Na maioria dos casos, os pequenos animais poderão ir consigo na cabine, mas se tiver que transportá-los no porão vejas as medidas das Transportadoras Autorizadas pela IATA. Antes de comprar a transportadora, veja quais as medidas máximas exigidas pela companhia.

6- Com exceção dos cães-guia, todos os animais de companhia precisam de ter uma transportadora. Procure em lojas homologadas pela IATA. Não esqueça de ver se a transportadora é adaptada para o tamanho do seu animal, levando em consideração que, ele precisa de espaço para ficar a vontade e poder se movimentar, naturalmente e confortavelmente.

7- Todos sabemos que fazer o check-in em voos internacionais é recomendado, no mínimo, com três horas de antecedência. Viajar com animais poderá levar mais algumas horas, tenha isso em atenção, chegue cedo para não perder o voo.

8- Dias antes da viagem, dê a oportunidade para o animal se familiarizar com a transportadora. Isso vai ajudar com que ele fique menos ansioso. Coloque brinquedos de que ele goste, água, miminhos e até a comida dentro da caixa, para ele se ir habituando.

9- Deixe a transportadora bem confortável, coloque brinquedos familiares, forre com material absorvente.

10- Não se esqueça de colocar identificação tanto no animal como na transportadora. (Nome do animal, nome do dono, morada de destino, telefone).

11- Avise a companhia aérea com o máximo de antecedência. Isso poderá ajudar a evitar surpresas desagradáveis. Tire todas as suas dúvidas.

Cão guia ou de serviço pode viajar?

A maior parte das companhias aéreas permite o acompanhamento de cães-guia ou de serviço na cabine. Porque são animais treinados para o acompanhamento de pessoas com algum tipo de deficiência, o seu transporte não tem custos, nem obrigatoriedade de utilização do contentor para transporte.

No entanto, para poderem viajar com este estatuto, é necessário apresentar a documentação atempadamente, ter um atestado médico que comprove a necessidade do acompanhamento do cão-guia, bem como informar a companhia aérea da sua viagem.

Fonte: Aeroporto de Lisboa

 

Visite Comigo | Facebook Site Instagram

Não se esqueça de fazer o download gratuita da aplicação do Visite Comigo, disponível na App Store e Play Store.

 

 

A Verdade
ADMINISTRATOR
PERFIL

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.