Secretário de Estado das Infraestruturas garantiu reforço da segurança nas estradas de Baião

Secretário de Estado das Infraestruturas garantiu reforço da segurança nas estradas de Baião

 

Guilherme W. d’Oliveira Martins, secretário de Estado das Infraestruturas, visitou Baião e assegurou que as questões de segurança nas vias de comunicação do concelho serão trabalhadas.

O secretário de estado reuniu com Paulo Pereira, presidente da Câmara Municipal de Baião, e alguns autarcas de freguesia, de forma a identificar as principais questões de segurança.

“Vamos trabalhar essencialmente a segurança através da construção de passeios em estradas nacionais, em pontos críticos já identificados. Vai haver uma intervenção conjunta entre Câmara Municipal e as Infraestruturas de Portugal”, revelou o governante.

“Estamos, também, empenhados em encontrarmos soluções em termos de vias há muito assinaladas como importantes para Baião e para a região, mas dentro das nossas limitações orçamentais”, assegurou.

Secretario-de-estado-das-Infraestruturas-baiao-seguranca-estradas-(1)

Paulo Pereira reforçou a necessidade “da segurança das pessoas e da circulação dos veículos”, com a construção de passeios em zonas críticas.

Os dois pontos críticos identificados são, na estrada nacional 321: entre o Intermarché de Baião e a rua Abel Ribeiro, mas também entre o lugar de Penalva e o Mosteiro de Santo André de Ancede, e na estrada nacional 321-2, entre a rotunda do Tijelinho e o acesso ao lugar do Ingilde.

“A requalificação da Estrada Municipal 304-3, que liga Gestaçô a Santa Marinha do Zêzere, que em 2005 passou da responsabilidade do Estado para a Câmara Municipal, mas sem que fosse acompanhada de todos os recursos financeiros necessários para a sua manutenção, é também uma necessidade para o concelho”, destacou o autarca.

Paulo Pereira recordou ainda a necessidade de investimentos “estruturantes para o desenvolvimento económico e social do município”, como a ligação de Baião à Ponte da Ermida, a construção da variante à EN 211, entre Quintã (Marco de Canaveses) e Cinfães, passando por Mesquinhata, e a requalificação das ligações às Zonas Industriais de Campelo e do Gôve/Ancede.

A Verdade
ADMINISTRATOR
PERFIL

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta