Greve de funcionários da Escola Secundária do Marco de Canaveses chega ao parlamento

Greve de funcionários da Escola Secundária do Marco de Canaveses chega ao parlamento

O deputado do PSD, Luís Vales, anunciou ao início da tarde desta terça-feira que o Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata questionou o ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, sobre a “falta de funcionários face ao número de alunos existente” na Escola Secundária do Marco de Canaveses.

O deputado natural de Marco de Canaveses salientou que ao governante foram questionadas “as medidas que estão a ser desenvolvidas para que tal não volte a suceder, sobre o prazo para a contratação de mais auxiliares de acção educativa para a Escola Secundária de Marco de Canaveses e quantos dos novos assistentes operacionais, cuja autorização de contratação foi dada em novembro passado, serão integrados nesta unidade de ensino”.

Na Escola Secundária do Marco de Canaveses estudam 1.400 crianças e jovens distribuídos por 80 salas, sob a supervisão de 27 funcionários.

A reação do Grupo Parlamentar do PSD vem na sequência da greve dos funcionários não docentes que atrasou hoje o início das aulas do segundo período na escola marcoense. Leia aqui.

 

1 comentário
A Verdade
ADMINISTRATOR
PERFIL

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

1 Comentário

  • Venâncio Oliveira
    3 Janeiro, 2017, 17:09

    O Senhor deputado é muito generoso em pedir estes esclarecimentos, assim os pais, alunos, professores, funcionários e a escola ficam muito melhor com esta intervenção.
    Muito obrigado Senhor Deputado da Nação.

    REPLY

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.