Já arrancou a formação para o Contact Center da Altice em Penafiel

Já arrancou a formação para o Contact Center da Altice em Penafiel

O Contact Center da Altice, em Penafiel, já arrancou com a formação para os primeiros 50 candidatos que vão desempenhar funções nesta empresa de telecomunicações. Trata-se de uma formação específica, nas áreas de informática e de francês para capacitar as pessoas que ainda não possuem as competências necessárias para desempenhar as funções no call center.

De acordo com dados da Randstad, que representa a Altice em Portugal, mais de 90% das pessoas que começaram a formação e que vão trabalhar no call center, em Penafiel, encontravam-se desempregadas. A grande maioria são ex-emigrantes que regressaram a Portugal e que agora procuram uma nova oportunidade na sua terra.

Ao nível da faixa etária, os candidatos seleccionados têm idades compreendidas entre os 18 e os 56 anos. A Randstad, em representação da Altice em Portugal, propõe-se a criar nos próximos dois anos, em Penafiel, 250 postos de trabalho.

1 comentário
A Verdade
ADMINISTRATOR
PERFIL

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

1 Comentário

  • Formando_altice
    28 Junho, 2016, 4:30

    O que eles não falam nem mostram é que os formandos nem todos tem uma sala de formação decente, algumas salas foram acrecentadas atrás da escola (salas feita de pré-fabricados, sem climatisação nem janelas nem condições para trabalhar). Só irão ser pagos se passar o teste final (caso contrário o pobre fica ainda mais pobre porque teve de pagar comida e deslocação durante 5 semanas de formação inúteis). Algumas formadoras nem sabiam falar / conjugar corretamente francês, a liguagem delas eram mais FranTuguês que francês… Para assim dizer até pareciam mais perdidas que os próprios formandos. Sem falar que a câmara de Penafiel investe mas eles fazem tudo para atrasar os descontos (as cinco semanas de formação + três meses de trabalho não são descontados para o estado, com diversos esquemas jurídicos tais como contratos de formação e estágios enquanto se trabalha normalmente). A formação é remunerada 2€ a hora. Depois da formação 545€ supostamente.

    A Armatis e Concentrix são reais bons exemplos que para o mesmo tipo de funções e mesmo mercado fazem logo no mínimo contrato a termo de 6 meses para a Armatis tudo declarado e contrato sem termo para concentrix. Sabendo que a primeira paga a volta de 750-850€/mês e a segunda ronda os 1000€.

    Sem falar do facto que a randstad garantia que a formação naquelas condições indecentes naquela escola primária de guilhufe seriam provisórias para a formação e nada mais escondendo voluntariamente o facto que iriamos acabar por receber la as chamadas dos clientes (relembro num pré-fabricado sem climatisação nem meio de arejar , janelas, isolação sonora nem nada).

    Resumindo, se sabe falar francês e que não quer imigrar, mal por mal vá até o Porto trabalhar pk o que ira perder em tempo no comboio/autocarro ira compensar em estabilidade, serio, financeiro e condições de trabalho !!!!

    Mas se esta interessado em aprender aulas de dança, a fazer desenho e festa a sexta, nesse caso , sim a Altice e o melhor sitio.

    REPLY