Publicidade

banner-baiao-festival-anho-700x259

Marco de Canaveses: Desfile de moda solidário em Alpendorada “superou largamente” edições anteriores

Marco de Canaveses: Desfile de moda solidário em Alpendorada “superou largamente” edições anteriores

Como tem vindo a acontecer em inícios de estação anteriores, decorreu, no passado dia 29 de Março, no pavilhão da Escola EB 2,3 de Alpendorada, um desfile de moda solidário, com o objetivo de angariar fundos para o Centro Social e Paroquial da Vila de Alpendorada (CSPVA).

A iniciativa, organizada pela Liga de Amigos do CSPVA, contou com a participação de treze estabelecimentos comerciais locais e, para o padre Manuel Fernando, pároco de Alpendorada, foi um serão “muito agradável”, que se “correu muito bem” e se prolongou “pela noite dentro”. O pároco avançou ainda que esta edição “superou largamente” as anteriores, sobretudo em termos monetários, tendo sido angariados mais de sete mil euros.

Todavia, embora já se tenha tornado um evento habitual, o padre Manuel Fernando confessou que foi o “último neste formato”, dadas as dificuldades, especialmente logísticas. “É muito complicado por causa da logística, temos de organizar tudo numa tarde, até porque o espaço é ocupado também pelas equipas de futebol e andebol, então temos de conjugar esforços. Além disso, até a data tem de ser bem escolhida por causa do interesse comercial das lojas”, afirmou, ressalvando que é objetivo dar uma “dimensão mais intimista” ao evento, que poderá começar a realizar-se no salão polivalente do futuro Centro Social e Paroquial. Por isso, acrescentou: “Está na altura de refrescar o modelo, não o queremos esgotar. E assim podemos apostar num formato mais simples, que sirva para valorizar e promover o nosso espaço”. O pároco avançou ainda que o próximo evento, uma caminhada a realizar no próximo dia 25 de abril, já será realizado naquele salão polivalente.

Neste momento, decorrem os trabalhos de assentamento de granito, cedido gratuitamente pelas empresas do setor, no edifício do CSPVA, estando também a serem colocadas caixilharias. Sem querer apontar uma data para a inauguração, o pároco ressalvou que no dia 24 de junho pretende que o CSPVA já possa estar “pronto para ser visitado”. “Para nós, o mais importante é que as pessoas possam visitar o espaço, ver para onde vai o dinheiro e o sintam como um espaço delas”, referiu.

Autor: Ana Reis Almeida

A Verdade
ADMINISTRATOR
PERFIL

Publicidade

banner-lixa-noitebranca-700x273

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta