Amarante vai ter operacionais dois Órgãos de Tubos

Amarante vai ter operacionais dois Órgãos de Tubos

Já lá vai cerca de ano e meio. No âmbito do 1º Festival de Música Antiga, foram inauguradas, em de julho de 2010, as obras de restauro do Órgão de Tubos da Igreja do Convento de São Gonçalo, cuja recuperação correspondeu a um investimento de 330 mil euros. 

Substancialmente menos ter-se-á gasto na recuperação do órgão de Tubos da Igreja de S. Domingos, de menor dimensão, mas os cuidados tidos na intervenção foram idênticos em ambos os casos: limpeza, recuperação de foles e tubos, substituição de componentes não recuperáveis, pintura e douramento. E uma preocupação fundamental: “restaurar” o som original dos instrumentos, construídos os da Igreja de S. Gonçalo na segunda metade do século XVIII e o da Igreja de S. Domingos na década de 60 do século XIX.

Com a recuperação do Órgão de Tubos da Igreja de S. Domingos (feita no âmbito das obras restauro do templo), Amarante passa a dispor de dois daqueles instrumentos operacionais, facto não despiciendo numa cidade da sua dimensão, quer em termos patrimoniais, quer em termos de atratividade, já que acrescentam inegável valor à sua oferta turística no segmento cultural e religioso.

Completamente montado e a tocar estará o órgão de Tubos da Igreja de S. Domingos, quando se fizer a inauguração das obras de restauro que ali decorrem desde há um ano.

A Verdade
ADMINISTRATOR
PERFIL

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.