Amarante: Aboadela festeja a Tradicional Matança do Porco

Amarante: Aboadela festeja a Tradicional Matança do Porco

A Junta de freguesia de Aboadela, em colaboração com a Associação Viver Canadelo e Serra do Marão, vai iniciar mais um ano de actividades, no dia 8 de Janeiro, com uma tradicional matança do porco e uma feira de produtos locais. A iniciativa terá lugar no Centro interpretativo desta freguesia, pelas 10h da manhã, e inicia com uma caminhada. O dia será ainda preenchido com muita animação e música tradicional.

O dia começa cedo com uma caminhada, num percurso de dificuldade média de cerca de 8 km, com uma duração de 2 horas. Ainda durante a manhã, e ao mesmo tempo que decorrerá a caminhada, realiza-se a tradicional matança do porco. Segue-se depois o aproveitamento das carnes que serão servidas ao almoço. A confecção estará a cargos das cozinheiras que prepararão para os visitantes e participantes o tradicional arroz com costelas, fêveras no tacho e o sarrabulho.

Durante a tarde, o centro interpretativo será palco da feira de produtos locais com a presença de alguns artesãos amarantinos, e que será também uma oportunidade para os visitantes adquirirem produtos de qualidade da região. Não faltará ainda muita animação com música tradicional com o Rancho Folclórico Cantareu, de Vila Real, o Grupo Musical “Marão Tradicional” e jogos tradicionais. Um dia cheio que contribuirá para animar e dinamizar as gentes deste lado do concelho.

A matança do porco é uma ainda uma prática comum nas aldeias. Característica das práticas do meio rural, é também um momento de reunião da família e vizinhos. Um quase ritual que começa com a preparação do animal e acabando na preparação e confecção das carnes. Fonte de subsistência e de rendimento, quase todas as famílias do campo criam ainda hoje um porco, que permite não só o aproveitamento dos restos alimentícios e culturas do campo, contribuindo para a sua limpeza, bem como a utilização dos dejectos do animal para adubar as terras.

A Verdade
ADMINISTRATOR
PERFIL

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.