Castelo de Paiva: Executivo Municipal foi conhecer as obras de remodelação das instalações do Agrupamento Vertical de Escolas

Castelo de Paiva: Executivo Municipal foi conhecer as obras de remodelação das instalações do Agrupamento Vertical de Escolas

O concelho de Castelo de Paiva vai ter uma escola de topo, do melhor que existe a nível nacional, conforme foi anunciado pela “Parque Escolar, EPE”, e o presidente da Câmara Municipal, Gonçalo Rocha, teve oportunidade de constatar, durante uma recente visita às obras em curso do projecto remodelação e requalificação das instalações da actual Escola Secundária, integrada no Agrupamento Vertical de Escolas de Castelo de Paiva, localizado na vila, cuja empreitada está a decorrer em bom ritmo,  representando um investimento superior a 20 milhões de Euros.

 

A Escola Secundária está a ser totalmente remodelada, com um projecto demasiado ambicioso do arquitecto Nuno Sampaio, de forma a serem criadas as melhores condições para alunos e professores, sempre na perspectiva do desejado sucesso educativo que é preconizado por quem tutela a área educativa.

 

Recorde-se que, na ocasião da apresentação do projecto, o representante da empresa Parque Escolar abordou a obra, evidenciando a necessidade de adaptar a escola aos novos desafios, às novas tecnologias, aos novos processos educativos, destacando que todos os espaços serão polivalentes, anunciando um investimento de 18 milhões de euros, a que acresce agora mais dois milhões para equipamentos, sendo que o prazo de execução da obra, que está a ser construída em simultâneo com o normal funcionamento do estabelecimento de ensino, vai ser cumprido com normalidade.

 

Acompanhado de Beatriz Silva, presidente do Agrupamento de Escolas de Castelo de Paiva, o presidente Gonçalo Rocha e o vice-presidente António Rodrigues, tiveram a oportunidade de conhecer a grandeza das obras em curso e ouvir detalhadas explicações do técnicos da Parque Escolar, João Marques e Luís Martins e Arquitecta Susana Gomes, que aproveitaram para anunciar que a primeira fase da obra estará concluída e pronta a acolher alunos já a partir do período da Páscoa.

 

Equipada com os mais modernos equipamentos e tecnologia, a nova Escola Secundária paivense estará preparada para acolher 65 turmas e mais de 1500 alunos, sendo contemplada com 52 salas de aula, 7 laboratórios, 5 salas de informática, 9 salas para artes, 3 salas para trabalhos oficinais, um auditório, para além de outros espaços lúdicos e uma zona desportiva com uma bancada retráctil com capacidade para duzentas pessoas.

 

O presidente Gonçalo Rocha mostrou-se feliz e satisfeito com a concretização deste grande investimento escolar em Castelo de Paiva, com o bom andamento das obras e a qualidade e o nível  da construção realizada, considerando uma aposta forte do anterior Governo, mas não deixou de evidenciar que, mais importante do que tudo, é a aposta que é feita no “capital humano” e nas condições que vão ser criadas para que a escola seja um exemplo emblemático do sucesso educativo que todos desejam ver consolidado, não deixando de reclamar, de forma intransigente, pelo avanço de igual investimento para as acessibilidades que são uma necessidade premente e fazem falta ao progresso e desenvolvimento sustentado do concelho, nomeadamente a conclusão da Variante à EN 222  e o restante troço do IC 35, ligações fundamentais para ligar Castelo de Paiva ao litoral e aos principais eixos rodoviários.

A Verdade
ADMINISTRATOR
PERFIL

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta