Baião: Centro escolar de Santa Cruz do Douro vai estar em diálogo com a comunidade

Baião: Centro escolar de Santa Cruz do Douro vai estar em diálogo com a comunidade

O presidente da Câmara Municipal de Baião, José Luís Carneiro, referiu durante o lançamento da obra do Centro Escolar de Santa Cruz do Douro, a 17 de Agosto, que o município está no bom caminho para se adaptar às exigências dos tempos actuais na área educativa. “O grande mérito da reorganização da rede educativa é o de fazer corresponder a cada sala de aulas um nível de ensino e é esse caminho que estamos a seguir, para que todos os meninos e meninas deste concelho beneficiem das mesmas condições de aprendizagem”, referiu o autarca.

 

A cerimónia contou com as presenças do vereador da Educação da CM Baião, Paulo Pereira, do presidente da Junta de Freguesia, Joaquim Carvalho, do director do Agrupamento de Escolas de Eiriz, José Matos e do presidente da Associação Cultural e Recreativa de Santa Cruz do Douro, Artur Borges, entre outras individualidades.

 

O Centro Escolar vai ser construído no prazo de um ano nos terrenos do antigo campo de futebol de 11 da Associação Cultural e Recreativa de Santa Cruz do Douro e representa um investimento de 792 mil euros, com comparticipação a 85 por cento de fundos comunitários.

 

“Aqui vai nascer um espaço cheio de vida e alegria e que contempla, também, um polidesportivo de ar-livre para a comunidade de Santa Cruz do Douro”, referiu José Luís Carneiro. O autarca aludiu ainda à proximidade com as instalações da associação cultural e recreativa local, o que vai proporcionar o contacto dos jovens alunos com as actividades lúdicas, formativas, desportivas e culturais desenvolvidas por esta instituição.

 

A escola terá quatro salas de aula – uma para nível de escolaridade – e capacidade total para 96 alunos. Haverá ainda uma sala polivalente, capaz de acolher actividades de ensino especial ou jardim-de-infância.

 

 

Condições ideais de aprendizagem

 

Esta obra foi ganha em concurso público pela empresa Imocori – Imobiliário e Construção, sediada na freguesia de Santa Cruz do Douro. José Luís Carneiro felicitou a construtora e desejou que os trabalhos decorram em segurança e com eficácia. O autarca referiu ainda que tem havido alguns casos em que os pais têm opiniões negativas acerca dos centros escolares, mas que essa visão muda completamente numa fase posterior.

 

“No caso do Centro Escolar de Campelo algumas famílias diziam-nos que não queriam que os filhos fossem para lá, porque isso iria retirar vida às freguesias. A verdade é que agora os pais lamentam que a mudança tenha acontecido tão tarde e estão muito felizes com as condições de aprendizagem de que os meninos dispõem”, referiu, acrescentando que a breve prazo vai arrancar a obra do centro Centro Escolar de Eiriz/Ancede.

 

No caso de Santa Cruz do Douro tanto os alunos como os pais e professores vão dispor de salas de apoio. A obra contempla ainda refeitório, biblioteca, sanitários, recreio e um anfiteatro de ar-livre. As salas de aula estarão equipadas com as mais modernas tecnologias, incluindo quadros interactivos e vão beneficiar de exposição a sul, de modo a tirar o máximo partido da luz natural.

 

O presidente da Junta de Freguesia de Santa Cruz do Douro, Joaquim Carvalho, disse que a construção daquele novo equipamento é um motivo de “orgulho e satisfação” para a freguesia. “Felicito a autarquia pela determinação e empenho que têm colocado na política de reorganização educativa e nesta missão tão nobre, que é a de garantir educação de qualidade aos nossos jovens”, completou.

 

A derradeira intervenção coube a José Matos, presidente do Agrupamento de Escolas de Eiriz, que classificou de “fundamental” a política de construção dos centros escolares e elogiou “a determinação do executivo municipal na sua implementação”.

 

A Verdade
ADMINISTRATOR
PERFIL

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta