Paredes: EDP investe 6,3 milhões de euros na melhoria da rede eléctrica do concelho

Paredes: EDP investe 6,3 milhões de euros na melhoria da rede eléctrica do concelho

O Conselho de Administração da EDP Distribuição anunciou, esta sexta-feira, 8 de Julho, no decorrer de uma visita de trabalho ao Município de Paredes, um investimento de 6,3 milhões de euros na melhoria da qualidade dos serviços prestados no concelho de Paredes, nomeadamente, no estabelecimento de mais uma linha de 60 kV e na ampliação da subestação de Lordelo.

 

As obras em curso foram objecto, esta tarde, de uma visita que contou com a presença de António Martins da Costa, vogal do Conselho de Administração da EDP, João Torres, presidente do Conselho de Administração da EDP Distribuição, bem como de Celso Ferreira, presidente da Câmara Municipal de Paredes.

 

O investimento agora anunciado visa assegurar o reforço da fiabilidade da rede de Alta Tensão que alimenta as subestações de Lordelo e Rebordosa, traduzindo também um importante incremento na melhoria da qualidade de serviço da rede de Média Tensão alimentada por estas instalações.

 

Após a conclusão da linha de 60 kV, ainda em curso, a rede de Alta Tensão ligada à subestação de Lordelo será constituída por 4 linhas, num total de 28 km, enquanto a rede de Média Tensão se estenderá por 8 km e 6 linhas, com uma disponibilidade de potência acrescida, capaz de satisfazer novos pontos de consumo e conferindo maior robustez à rede.

 

No que se refere à subestação de Lordelo, considerada uma das mais modernas do mundo pela EDP, passará a estar interligada à subestação de Recarei, mantendo a possibilidade de ampliação em mais dois painéis de linha de Alta Tensão e oito de linha de Média Tensão.

 

“Trata-se de um investimento avultado, mas que se enquadra no nosso plano de melhoria da qualidade da rede de distribuição de energia eléctrica que, anualmente, e desde há dez anos, ultrapassa os 300 milhões de euros”, como revelou António Martins da Costa, vogal do Conselho de Administração da EDP.

 

Exemplo deste esforço financeiro, como sublinhou João Torres, presidente do Conselho de Administração da EDP Distribuição, “é esta subestação de Lordelo, uma infra-estrutura de excelência técnica e que está equipada com aquilo que de mais moderno existe no mundo. A sua ampliação corresponde a um apelo do Município de Paredes, pela necessidade de acompanhar o crescimento da indústria local e do respectivo consumo de energia”, justificou aquele responsável.

 

De facto, e como também destacou Celso Ferreira durante a visita à subestação de Lordelo, “era imperioso reforçar a capacidade de fornecimento de energia às 26 empresas instaladas neste Parque Empresarial e que no, seu conjunto, empregam mais de 3 mil trabalhadores. Enquanto presidente da autarquia, só posso ficar satisfeito por este investimento que, por ser realizado numa zona altamente industrial e densamente povoada, assegurará o devido retorno à própria EDP”.

Para além da visita às infra-estruturas eléctricas referidas, o dia ficou ainda marcado pela oferta de uma viatura 4X4, pertencente à frota da EDP Distribuição, à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Lordelo.

A Verdade
ADMINISTRATOR
PERFIL
banner-felgueiras-600x229

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.