Marco de Canaveses: Museu da Pedra é inaugurado domingo em Alpendorada

Marco de Canaveses: Museu da Pedra é inaugurado domingo em Alpendorada

O primeiro núcleo do Museu da Pedra do Marco de Canaveses é inaugurado domingo, em Alpendorada, com o objectivo de “reunir os testemunhos da importância do granito para o concelho e para a região”, disse fonte da autarquia.

 

O Museu da Pedra vai ficar instalado na antiga escola pré-primária da Lama, um imóvel de elevado interesse patrimonial na freguesia de Alpendorada, povoação desde sempre ligada aos ofícios da pedra.

 

O projecto de remodelação da antiga escola pré-primária da Lama procura agredir o mínimo possível o edifício, tendo optado pela reformulação do espaço interior e pela ampliação da zona para arrecadação, tentando reproduzir a traça da construção existente.

 

O novo museu dispõe de um amplo salão multiusos, com 141 metros quadrados, para exposição permanente dos artefactos em pedra e videoteca, e uma arrecadação, no exterior, com 27 metros quadrados para arrumação de material diverso.

 

No exterior do edifício principal há um “telheiro” que servirá para recriar o local tradicional onde a pedra é trabalhada e ainda para a exposição de artefactos de maior porte.

 

“Trata-se de um projecto com que as populações do Marco de Canaveses sonham há muito, sobretudo em Alpendorada, e que vai agora ser finalmente concretizado”, disse, a propósito, o presidente da Câmara de Marco de Canaveses, Manuel Moreira.

 

Luís Humberto Marcos, director do Museu da Imprensa, do Porto, que participou na elaboração do projecto do Museu da Pedra, referiu que o núcleo a inaugurar domingo “corresponde à primeira fase de um projecto que visa estender o museu para muitos lugares”.

 

“Será no futuro um museu polinucleado, dinâmico e inovador, irradiando para outras zonas do Marco de Canaveses e mostrando como a relação com a pedra constitui uma matriz ancestral do concelho”, disse aquele responsável.

A Verdade
ADMINISTRATOR
PERFIL

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.