Felgueiras: Casa das Artes recebe representação cénico-musical de obra de José Carlos Pereira

Felgueiras: Casa das Artes recebe representação cénico-musical de obra de José Carlos Pereira

A Casa das Artes, no município de Felgueiras, recebe no próximo domingo, 10 de dezembro, pelas 16h00, inserido no Ciclo de Eventos Comemorativos dos 25 anos de carreira do escritor José Carlos Pereira, a representação cénico-musical de “Miguel Sarapintas e o Pinto de Três Patas” pelos alunos do Centro Escolar de Lagares. A entrada é gratuita.

A atividade terá a participação da soprano Nádia Fidalgo, com orquestração e composição de Henrique Pinto Ribeiro e com encenação de Cristiana José Rodrigues e Joana Teixeira. A Execução ficou a cargo do Quarteto de Sopro de elementos da Banda de Música de Felgueiras.

A obra“Miguel Sarapintas e o Pinto de Três Patas” conta a história de um menino que, vítima de violência escolar por ter sinais no rosto, queria esconder-se debaixo de água, no fundo do rio, na iminência de suicídio, mas acaba por ter um final feliz. A solução é encontrada pela via persuasiva e não punitiva. No meio da história, surge o pinto de três patas, que, apesar de ser um animal diferente, é feliz no convívio com os outros bichos, a contrastar com a situação do menino, chamado Miguel.

Este Ciclo de Eventos Comemorativos é organizado por Lília de Castro e Costa e por um conjunto de amigos do autor. Os espetáculos decorrem um pouco por todo o país ao longo dos próximos meses.

José Carlos Pereira é natural de Felgueiras e nasceu no ano de 1962. Tem desenvolvido, desde muito novo, intensa atividade cultural, junto de escolas e associações ou como animador de tertúlias-concertos, concursos literários, exposições e coordenação de antologias. É membro fundador (e ativo) de várias agremiações culturais, incluindo a Associação José Afonso, e mentor do movimento cultural Tertúlias Itinerantes.

Além de “Vertentes da Mesma Luz”, livro de poesia publicado em 1992, integra várias coletâneas poéticas e de contos. “Miguel Sarapintas e o Pinto de Três Patas” foi publicado pela primeira vez em 2012.

 

A Verdade
ADMINISTRATOR
PERFIL

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta