Castelo de Paiva: Primeira parte do percurso pedestre ‘Viver o Douro’ foi apresentada hoje

Castelo de Paiva: Primeira parte do percurso pedestre ‘Viver o Douro’ foi apresentada hoje

 

A primeira parte do percurso pedestre ‘Viver o Douro’, em Castelo de Paiva, foi apresentado esta sexta-feira, dia 3 de agosto. Amanhã, dia 4, o troço será aberto para quem o quiser visitar e percorrer.

Trata-se de um passadiço de madeira com cerca de 300 metros e de um percurso pedonal com cerca de três quilómetros, com o acesso a ser feito em Pedorido, junto ao parque do Choupal.

Gonçalo Rocha, presidente da Câmara Municipal de Castelo de Paiva, explicou que a abertura desta “pequeníssima parte” é para “apresentar um pouco daquilo que vai ser no futuro”.

 “Queremos que as pessoas tenham um primeiro contacto com aquilo que vai ser este percurso, que, na minha ótica, será uma alavanca importante para o desenvolvimento turístico e para a dinâmica económica do nosso concelho”, sublinhou o autarca.

castelo de paiva - percurso pedestre 8

A totalidade do percurso, quando acabado, será de dez quilómetros. “É de facto uma extensão muito grande. Queremos recuperar uma vivência que existia, que é a utilização destes caminhos públicos de passagem. Queremos voltar a conviver com o rio e recuperar um conjunto muito vasto de tradições”, referiu o presidente.

Para além deste percurso pedonal, serão colocados miradouros, sinalização e painéis ilustrativos, até ao Hotel Douro 41.

Segundo o presidente da autarquia as pessoas têm uma grande expectativa relativamente a este local. “Nos últimos tempos, em que se vai falando deste projeto, tem sido muita a expectativa. Se isso se vai traduzir depois no número de visitantes, neste fim-de-semana ou nos próximos dias, temos de aguardar”, disse.

castelo de paiva - percurso pedestre 9

Também presente na apresentação, o ator António Capelo, natural de Castelo de Paiva, considerou que este tipo de projetos “são bem-vindos a um concelho como Castelo de Paiva”.

“Este projeto pode ser fundador de uma série de outros que podem, de alguma maneira, dinamizar os aspetos culturais, arquitetónicos, paisagísticos, urbanísticos e de turismo da região”, realçou o paivense.

O ator revelou que foi “uma espécie de padrinho” deste projeto, tendo-o apresentado à Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte, no Porto. “Irei frequentá-lo sempre que conseguir, sempre que trouxer cá amigos eles irão fazer este percurso”, garantiu ainda.

castelo de paiva - percurso pedestre 7

Para Fernando Freire, presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte, “este é o primeiro passo, e na vida, os primeiros passos são sempre os mais importantes, são aqueles que nos permitem estabelecer os alicerces das coisas que depois se vão fazendo a seguir”.

O responsável da CCDRN realçou tratar-se de um “percurso lindíssimo”, que começa “com uma parte mais confortável, que é todo o passadiço em madeira e que agora está pronto a ser usufruído pelos cidadãos da terra, mas também por todos aqueles que o queiram visitar”.

“Acho que é muito importante que isto exista, é muito importante para os cidadãos locais e para o ambiente. E depois é evidente que é importante explorar isto economicamente e turisticamente”, destacou igualmente Fernando Freire.

A previsão é que a totalidade do percurso pedonal, nos seus 10 quilómetros, seja concluída nos próximos meses.

castelo de paiva - percurso pedestre 6

A Verdade
ADMINISTRATOR
PERFIL

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.