Inovação e empreendedorismo social foram mote de reflexão em Baião

Inovação e empreendedorismo social foram mote de reflexão em Baião

A Câmara Municipal de Baião, em parceria com o Contrato Local de Desenvolvimento Social – Terceira Geração “Integrar Baião” (CLDS-3G) e a Incubadora Regional de Inovação Social (IRIS) realizou duas sessões de formação alusivas ao tema da inovação social, aplicado à realidade baionense. As sessões decorreram na Casa da Juventude e Desporto de Chavães, a 7 de junho e 7 de julho.

baiao - iris - formacao para empreendedores (2)

A primeira sessão, exclusivamente dinamizada pela IRIS, foi dirigida a técnicos de intervenção social e comunitária e a segunda foi especialmente dirigida a elementos dos executivos de freguesia e a membros das direções das instituições particulares de solidariedade social e equiparadas. Ambas as iniciativas tinham como fim capacitar o público-alvo para a promoção da inovação social no território, no sentido de promover, debater e refletir sobre novas respostas para fazer face a velhos e novos problemas sociais complexos com que as instituições se deparam nos dias de hoje.

baiao - iris - formacao para empreendedores (5)

José Pinho Silva, vice-presidente da Câmara Municipal de Baião, responsável pelo pelouro dos Assuntos Sociais, marcou presença nas duas sessões e dirigiu-se aos técnicos presentes lembrando os desafios “a que o território está sujeito diariamente e a importância da inovação e do empreendedorismo social na sua resolução, por via da potenciação dos recursos endógenos, da capacitação das comunidades e da promoção de pontes entre os diferentes agentes do território, como forma de fortalecer e reforçar o trabalho em rede”.

baiao - iris - formacao para empreendedores (4)

As sessões sobre inovação social destinaram-se à identificação de oportunidades e ao desenvolvimento de ideias de projetos de Inovação e Empreendedorismo Social. Envolveram um plano de trabalhos intensivo orientado para a disseminação dos conceitos e princípios de Inovação e Empreendedorismo Social, que fomentem dinâmicas de rede e o desenvolvimento de projetos empreendedores na região.

baiao - iris - formacao para empreendedores (3)

As sessões pretenderam, ainda, contribuir para a promoção de iniciativas empreendedoras na satisfação de necessidades sociais, através do património (material e imaterial) e da colaboração entre diferentes atores como cocriadores ou coprodutores de soluções sociais.

A Verdade
ADMINISTRATOR
PERFIL

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.