Município de Lousada assinou protocolo com a Associação Nacional de Proteção Civil

Município de Lousada assinou protocolo com a Associação Nacional de Proteção Civil

Pedro Machado, presidente da Câmara Municipal de Lousada, no passado dia 4 de maio, assinou um protocolo com a Associação Nacional de Proteção Civil (ANPC), em Fornos de Algodres, homologado pelo ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita. A cerimónia contou ainda com a presença do presidente da Direção da Associação Humanitária de Lousada (AHBVL), Antero Correia.

Este documento, segundo nota enviada à imprensa, tem como finalidade o financiamento e constituição de uma Equipa de Intervenção Permanente (EIP) para o corpo de bombeiros.

De acordo com o documento aprovado no âmbito do objetivo governamental, tenciona-se “melhorar a eficiência da proteção civil e as condições de prevenção e socorro” e prevê-se a “melhoria e eficiência da proteção civil e das condições de prevenção e socorro face a acidentes e catástrofes, designadamente mediante a valorização das associações e dos corpos de bombeiros voluntários, enquanto verdadeiros pilares do sistema de proteção e socorro”.

A Equipa de Intervenção Permanente (EIP) é constituída por cinco bombeiros em regime de permanência “e têm como missão assegurar serviços de combate aos incêndios, de socorro à população local em caso de incêndios, inundações, desabamentos, abalroamentos e em todos os acidentes ou catástrofes”.

O financiamento desta equipa é dividido em partes iguais, pela Câmara Municipal de Lousada e pela ANPC.

A Verdade
ADMINISTRATOR
PERFIL

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.