Visite comigo: Aldeia de Quintandona

Visite comigo: Aldeia de Quintandona

Já há muito tempo que ansiávamos por visitar uma das aldeias mais prestigiada no Vale do Sousa, em Penafiel: a Aldeia de Quintandona.

Como chegar?

Este é um daqueles passeios clássicos, que se faz tranquilamente. Partindo do Porto, poderá seguir pela A4 e N319, cerca de uma hora.

Para quem pretende vir do Peso da Régua, tem três alternativas. De carro, seguindo pela A4 e N319; pela nacional poderá contar com uma paisagem linda, porém, acrescida de muitas curvas (N101, N321, N211, A4 e N319). De comboio, descer na estação de Penafiel ou Recarei Sobreira e solicitar um táxi.

Para quem estiver na proximidade – Marco de Canaveses, Baião, Amarante, entre outras regiões -, faz-se tranquilamente durante a tarde ou pela manhã.

Coordenadas Geográficas: 41º 08’ 02,35’’ N 8º 22’ 43,39’’ W

visite comigo - aldeia de quintandona (3)

A aldeia

A Aldeia de Quintandona é um destino para ser visitado em qualquer estação do ano. Nós estivemos na primavera e adoramos. Fomos brindados com um lindo dia de céu azul e sol, com aquela brisa fresca do ar da serra, que não nos impediu de desfrutar deste cenário. O dia limpo favoreceu e muito para apreciamos o contrastes das cores.

A beleza da paisagem natural, a cultura e a tradição, mesmo nas proximidades ao centro urbano, não perderam sua essência.

A Aldeia de Quintandona tem uma identidade muito própria, com as suas casas típicas em granito, xisto e lousa. Caminhar pelas belas ruelas em pedra foi uma experiência enriquecedora. Partimos rumo ao desconhecido. Conhecer a gente da terra estava na lista.

Esta aldeia é uma das mais dinâmicas da região do Vale do Sousa, incluída em plena Rota do Românico. A cultura e arte estão sempre presentes. Um forte elemento diferenciador é a capela com mais de 200 anos e a associação local e teatro ComoDEantes.

Sabe-se que esta aldeia sofreu um processo de requalificação. Foi a melhor coisa que fizeram. Essas obras trouxeram vida e despertaram a curiosidade dos amantes por aldeias típicas, em diversas partes do mundo.

É uma charmosa e típica aldeia portuguesa, que tem uma capacidade incrível e milagrosa de mobilizar milhares de pessoas, todos os anos, para uma das festas mais populares, por essas terras, a chamada Festa do Caldo. Essa festa baseia-se na recriação das décadas de 50 e 60, em que a população local e portuguesa no geral se alimentava do caldo, comida típica para quem trabalhava na agricultura. Costuma ser bem animada com teatros e apresentações.

A gastronomia hoje continua a ser o trunfo forte na Aldeia de Quintandona, com pratos confecionado pelas mãos de quem traz a sabedoria de outros tempos. O cabrito assado com arroz de forno é uma das grandes iguarias, além dos enchidos. Os famosos doces de amor, leite creme, tardes de S. Martinho, também surpreendem os visitantes.

visite comigo - aldeia de quintandona (1)

O que visitar?

Monte da Pegadinha

Para quem não dispensa uma paisagem natural. É um verdadeiro miradouro em plena natureza viva. Deslumbre-se durante o percurso para visitar a capela de 200 anos, o antigo cruzeiro e lavadouros bem tradicionais.

Citânia de Monte Mozinho ou Cidade Morta

É o maior Castro Romano da Península Ibérica, embora ainda não esteja totalmente explorado.

Há quem diga que terá sido a “Cividade Gallaeci”, capital dos Galegos, que aqui teriam habitado.

Centro Cultural – Casa do Xiné

A cultura da Aldeia de Quintandona passa por aqui desde 2012. Um espaço amplo preparado para diferentes tipos de eventos, que tem vindo a acolher espetáculos de teatro, concertos de música, convívios, entre outros.

visite comigo - aldeia de quintandona (1)

Coloque este destino urgentemente no seu roteiro.

 

Descarregue a Aplicação do Visite Comigo, disponível na Play Store e App Store.

 

A Verdade
ADMINISTRATOR
PERFIL

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.