Município de Marco de Canaveses acompanha situação de poluição no rio Tâmega

Município de Marco de Canaveses acompanha situação de poluição no rio Tâmega

A mancha de poluição no rio Tâmega, proveniente de uma descarga num afluente, o rio Odres, já está a ser analisada pela Câmara Municipal de Marco de Canaveses. Vários elementos da proteção civil, bem como o vice-presidente e vereador com o pelouro do Ambiente, Mário Bruno Magalhães, deslocaram-se para o local.

Segundo revelou a autarquia, em nota enviada à imprensa, “no local, os elementos confirmaram a mancha de eventual poluição, tendo feito recolha de águas para análise. No entanto os primeiros resultados não confirmam nenhum dado específico que confirme a poluição”.

Relativamente aos parâmetros da cor, do cheiro e da formação de uma mancha espessa no rio, não é passível de indicar de forma imediata a localização do elemento e eventual foco poluidor. “Mas é possível confirmar que a mesma mancha é proveniente do Rio Odres afluente do Tâmega”, confirmou o comunicado.

mancha rio odres (3)

Foi ainda percorrido o leito do rio, em sentido inverso ao curso de água, seguindo o trajeto na direção foz/nascente, assim como foram efetuadas inspeções seletivas em três locais diferentes, anteriormente identificados noutras ações de poluição, sem que tenha sido descoberto qualquer elemento poluidor.

A autarquia revelou ainda que nas diversas inspeções já efetuadas, “não foram detetadas descargas de lamas ou outros poluentes capazes de provocar o cenário verificado no dia de hoje”.

As equipas que se deslocaram para o local, mantém-se atentas e na procura de respostas que justifiquem a mancha verificada e confirmada, tendo sido dado conhecimento às entidades competentes, nomeadamente ao SEPNA da Guarda Nacional Republicana.

mancha rio odres (1)

A Verdade
ADMINISTRATOR
PERFIL

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.