Castelo de Paiva dinamizou 16ª edição da Prova de Vinhos Verdes e Petiscos de Bairros

Decorreu, no passado fim-de-semana, a 16ª edição da Prova de Vinhos Verdes e Petiscos de Bairros, em Castelo de Paiva. Um certame que contou com a presença de mais de duas dezenas de expositores, num evento que pretende dar a conhecer e divulgar o vinho verde.

Gonçalo Rocha, presidente da Câmara Municipal de Castelo de Paiva, congratulou-se com a realização da iniciativa, que voltou a cativar visitantes, mantendo “a orientação organizativa de dar a conhecer e divulgar o excelente vinho verde”.

Segundo nota enviada à imprensa, para além de Gonçalo Rocha e do autarca local, José António Vilela, estiveram presentes na cerimónia o presidente da Assembleia Municipal, Gouveia Coelho, os vereadores do executivo paivense, autarcas da freguesia, dirigentes associativos, entre inúmeros convidados, como o presidente da Câmara Municipal de Ovar.

Na sua intervenção, o presidente da União de Freguesias de Sobrado e Bairros, José António Vilela, salientou “o prestígio e a aposta na continuidade” de um evento que considerou ser “uma alavanca para ajudar a dignificar a freguesia” e, ao mesmo tempo, “ajudar a impulsionar a sub-região do Paiva, produzindo vinhos de grande qualidade e trazendo dinâmica à freguesia e à agricultura local”.

Gonçalo Rocha falou na “excelência da produção que o concelho apresenta nos verdes tintos”, realçando também o crescimento que os vinhos verdes brancos estão a ter no mercado, considerando “fundamental que os produtores apostem na qualidade e na promoção, como forma de garantir um bom escoamento da produção e oportunidades de negócio”.

Presentes no certame estiveram as quintas da freguesia, que se dedicam à produção do vinho verde, com maior destaque para a produção do verde tinto, cada vez mais procurado e reconhecido, para além de um restaurante, assim como outras áreas de exposição, ligadas às instituições locais, comissões de festas, ao artesanato e à doçaria tradicional paivense.

No sábado, depois da abertura oficial da feira, seguiu-se uma visita pelos stands e expositores e a primeira prova de vinhos, registando-se um momento teatral com a participação da ‘Micas Arrebitada’. Depois houve animação com exibição de folclore, com a participação do Rancho Folclórico de Bairros, e um momento musical com a presença do ‘Trio Marcalândia’. A animação prosseguiu com a atuação dos ‘Amigos da Sexta’, terminando com a animação a cargo do Agrupamento Musical ‘Cordosom’, de Chaves e do Agrupamento Nova Som Band.

O mau tempo que se fez sentir na tarde de domingo, nomeadamente depois da atuação musical protagonizada pela Banda Marcial de Bairros, e da exibição do grupo de concertinas ‘Diatónicos’, acabou por antecipar o encerramento do certame, cancelando a atuação do Agrupamento Musical Zero a Zero.

A Verdade
ADMINISTRATOR
PERFIL

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.