Marco de Canaveses: Raul Minh’alma iniciou 2018 no top de vendas

Marco de Canaveses: Raul Minh’alma iniciou 2018 no top de vendas

No top nacional de vendas. Foi desta forma que o escritor marcoense Raul Minh’alma entrou em 2018. Depois do ‘best-seller’ “Larga quem não te agarra” o novo livro “Todos os dias são para sempre”, apresentado em outubro de 2017, está a seguir o mesmo caminho.

Em conversa com o Jornal A VERDADE, o escritor mostrou-se grato por ser tão bem acolhido por parte do público. “Às vezes até fico sem palavras mas é gratificante saber que o público se apegou às minhas palavras depois de me ter conhecido através do sucesso que foi o ‘Larga quem não te agarra’ e não ficaram por aí”, contou.

O jovem escritor revelou que no distrito de Leiria o livro está a ser vendido em grande escala. “Nem sequer é perto daqui”, notou.

A nível internacional, e depois do “Larga quem não te agarra” ter sido publicado no Brasil, Raul Minh’alma diz esperar que o novo livro também chegue ao outro lado do atlântico, no entanto, ainda considera cedo. “’O Larga quem não te agarra’ ainda tem uma palavra a dizer no Brasil. Ainda está a conquistar o terreno dele e espero ainda este ano poder divulgar e promover mais esse livro lá”, sustentou o escritor.

Ainda assim “o objetivo de qualquer livro meu é conquistar o seu espaço aqui, que é o país dele e é o meu país, mas depois tentar sempre procurar outros universos”, assegurou.

Relativamente ao ano de 2018, o escritor pretende continuar a “conquistar espaço” e afirma que “ainda há muito trabalho pela frente”. Que seja “o meu ano de afirmação”, desejou.

No que diz respeito a novos livros Raul Minh’alma avançou que está programado o regresso ao romance, como estilo literário. Além do lançamento de um novo livro que, segundo o autor, será “um passo diferente e em frente” na carreira pode esperar-se uma reedição do romance “Fome”, lançado em 2015.

 

A Verdade
ADMINISTRATOR
PERFIL

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.