Felgueiras: Instalações renovadas permitem à Casa do Risco dinamizar novas atividades

Os serviços da Casa do Risco, em Felgueiras, regressaram às antigas instalações, na antiga escola de Airães, depois de uma intervenção realizada pela autarquia.

A renovação do espaço criou aos serviços “melhores condições para desenvolverem a sua atividade”, divulgou a Câmara Municipal de Felgueiras.

Segundo aquela fonte, o objetivo das obras foi “oferecer um serviço de maior qualidade e um espaço cultural dedicado às artes”, tendo em conta “as novas necessidades da comunidade”.

Quem visitar o espaço vai poder ver as bordadeiras a bordar e observar uma vasta variedade de bordados no ‘showroom’.

Inácio Ribeiro, presidente da Câmara Municipal, considera que o espaço renovado “vai permitir o desenvolvimento de novas atividades culturais”, uma vez que se traduz “numa melhoria no atendimento e na divulgação do trabalho desenvolvido pelas bordadeiras”.

Quanto à configuração do edifício, no primeiro piso existe acesso às áreas de trabalho; duas salas polivalentes; auditório e armazém de produtos acabados e matérias-primas. Pode-se aceder à sala de exposição e de venda, bem como ao centro de documentação e arquivo que dispõe de um fundo de desenhos disponíveis para consultar e de documentos sobre artes e ofícios tradicionais do concelho e da região.

A parte posterior do edifício, agora ampliado, dispõe de uma sala polivalente/cafeteria, bem como de uma lavandaria, de instalações sanitárias, sala de arrumos e de um átrio.

No espaço exterior está instalado um anfiteatro.

A Verdade
ADMINISTRATOR
PERFIL

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.