Museu de Penafiel dinamiza atividades de cinema ligadas à saúde

Museu de Penafiel dinamiza atividades de cinema ligadas à saúde

 

Entre março e julho o Museu Municipal de Penafiel vai organizar a atividade “Cinco salas cinco filmes”. A atividade deste ano será ligada à área da saúde. A entrada é livre.

A iniciativa tem início esta sexta-feira, às 21h30 com a exibição do filme “Iris”, de Richard Eyre, que aborda a doença de Alzheimer.

Segue-se um debate com vários especialistas na doença degenerativa de Alzheimer, como Sara Lima, docente na CESPU – IPSN – Escola Superior de Saúde do Vale do Sousa; Carla Fraga, neurologista no Centro Hospitalar do Tâmega do Sousa; e Filipa Pinto, coordenadora do Centro Sénior da Santa Casa da Misericórdia de Vizela.

O projeto “Cinco salas cinco filmes” vai contar com mais quatro sessões. “Geração Prozac” é o filme de Eric Skjoldbjcerg  que fala sobre a depressão, e vai ser exibido no dia 7 de abril. Segue-se a 5 de maio, o filme “Morangos silvestres” de Ingmar Bergman que aborda o envelhecimento. No dia 2 de junho, o Museu de Penafiel recebe a sessão “Atrás do espelho”, da autoria de Nicholas Ray, que retrata a toxicodependência. E a 7 de julho é exibido o filme “Mar adentro”, de Alejandro Amenábar.

A iniciativa conta com o apoio da Câmara Municipal e da CESPU através da Escola Superior do Vale do Sousa – Pólo IINFACTS.

museu_cinema

A Verdade
ADMINISTRATOR
PERFIL

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta